Pular para o conteúdo principal

Exemplo de transcrição de áudio literal jurídica


O que é transcrição de áudio literal jurídica? Nada melhor do que apresentar um exemplo de transcrição de áudio literal jurídica para exaltar as suas peculiaridades.

Este artigo tem 670 palavras aproximadamente e você deverá gastar cerca de 3,5 minutos para sua leitura.

Identificação dos falantes em transcrição de áudio literal jurídica

A identificação dos falantes é feita em caixa alta (quando todas as letras estão em maiúscula).

JUIZ: Senhor Fulano de tal, boa tarde. O senhor foi chamado na condição de testemunha e está obrigado a dizer a verdade. O senhor tem alguma relação de parentesco ou amizade com alguma das partes envolvidas no processo?

TESTEMUNHA: Não, doutor.

JUIZ: Pode me dizer seu nome completo?

TESTEMUNHA: Fulano de Tal, doutor.

A estrutura de uma audiência é presidida pelo juiz, que abre a sessão. O juiz fará algumas perguntas pertinentes ao caso, passará ao PROMOTOR ou ADVOGADO da parte e finalmente passará à DEFESA ou CONTRAPARTE. Os depoentes são TESTEMUNHA ou RÉU. Ou RÉ.

Para este tipo de transcrição de áudio literal jurídica, tudo é anotado, inclusive os erros de português.

JUIZ: O senhor pode me dizer brevemente o que aconteceu na ocasião dos fatos?

TESTEMUNHA: Bem, doutor... eh... eu estava andando pela Rua 3 – tá ligado? – quando vi o carro atravessando o farol vermelho e bateu e atropelou o ciclista.

JUIZ: Uhum.

TESTEMUNHA: E então nós foi ver se o ciclista estava precisando de ajuda. Aí fui correndo pra lá pra ver. Veio a ambulância rapidinho e levou lá pro hospital...

JUIZ: Tá.

TESTEMUNHA: ... o hospital municipal lá que fica lá pertinho, sabe?

Repare: em alguns tribunais os manuais de instrução nos autorizam a cortar "as expressões de assentimento e concordância do juiz, somente permitindo registrar as falas, sem necessidade de digitar o "uhum, por exemplo quando for só essa frase do JUIZ. Entretanto, todos os outros "uhum, "ah, tá, etc. Dos depoentes e das partes (PROMOTOR, DEFESA) etc. Devem ser anotados.

A questão do verbo estar na transcrição de áudio literal jurídica


A grande maioria das transcrições que fiz conjugavam o verbo estar. Gravar "eu tava ino pra casa, deve ser grafado como "eu estava indo pra casa. Somente o "pro, e "pra, são mantidos. Contras do verbo estar como "tá, apresentando um assentimento em "tá legal, ou "tá bom, são mantidos. As contras "né, também são mantidos e todos os gaguejos são mantidos.

Há duas formas de apresentar gaguejos: através de vogais seguidas "o o o o rato roeu a a a roupa do rei de Roma, ou "o... o... o... rato... são admitidos.

Costumo apresentar os falantes da seguinte forma quando abrevio os participantes:

P1: Presidente da sessão (juiz)

P2: Promotoria ou Parte

D1: Advogado de defesa ou Contraparte

R1: Depoente (seja réu ou testemunha)

H1: Auxiliar do juiz (masculino)

F2: Auxiliar do juiz (feminino)

Identificando os falantes antes de iniciar a transcrição, isso torna a leitura mais agradável. As perguntas do Juiz, Promotor, Defesa, todas as perguntas são negritadas em nosso formato de apresentação.

Esse formato tem sido universalmente usado em sessões do CADE, tribunais e outros, sem reclamação.

Excetuando-se então os "pro, "pra, "né, tá, a apresentação ortográfica segue a grafia padrão da Língua Portuguesa.

Há advogados que preferem que se anote o tempo da transcrição a cada turno. O formato adotado é o [00:00:00] em geral antes da identificação do falante.


[00:00:00] JUIZ: Boa tarde, Seu Fulano.

[00:00:00] TESTEMUNHA: Boa tarde, doutor.

Essas são as características principais de uma transcrição de áudio literal jurídica. Por enquanto, percebi que cada empresa de transcrição de áudio adota um padrão de acordo com as instruções oriundas dos tribunais. Há leves variações de um Estado para outro, assim como um tribunal para outro. Em geral é isso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exemplo de transcrição de áudio acadêmica

O que é transcrição de áudio literal acadêmica? Trata-se de uma adaptação da transcrição de áudio literal jurídica. Apenas adotamos os cortes de "né", "tá", e gaguejos são minimizados. Frases incompletas são cortadas se percebemos que não trazem contribuição ao contexto. Este artigo tem 770 palavras aproximadamente e deve levar 4 minutos para ser lido. Transcrição de áudio literal acadêmica A transcrição de áudio literal acadêmica não permite corte de "né", "tá", assim como corte de gaguejos (minimizando-as ou suprimindo-as) e frases incompletas são suprimidas. A exemplo dos cortes de "expressões de assentimentos demonstrando compreensão, do juiz também promovemos esses cortes. Já "pra, e "pro, são convertidos para a forma ortográfica correta "para, e "para o. Essas são as diferenças entre transcrição de áudio literal jurídica e transcrição de áudio literal acadêmica. Representação dos falantes

Quantidade de palavras em transcrição de entrevistas

Quantidade de palavras em transcrição de entrevista A quantidade de palavras em transcrição de entrevista difere da quantidade de palavras de outros tipos de transcrição de áudio. Sua estrutura difere de uma conversa telefônica ou uma conversa informal em gravação oculta. A transcrição de entrevista tem uma dinâmica própria e aqui nos atemos aos números levantados em uma entrevista de programa de televisão: o Agenda Econômica da TV Senado. Vamos falar de quantidade de palavras em transcrição de entrevista, ou seja quantas palavras por minuto uma pessoa fala e quantas palavras conseguimos anotar em diferentes formas de produzir uma transcrição de áudio. A transcrição de áudio pode ser produzida por digitaç , automática e por ditado. Farei considerações sobre a facilidade que encontrei para cada forma de produzir a transcrição na transcrição de entrevista. Número de palavras em transcrição de entrevistas O número de palavras produzidas em uma entrevista varia de acord

Exemplo de transcrição de áudio supereditada

A transcrição de áudio supereditada traz cortes e intervenções mais vigorosas do transcritor-revisor sobre o conteúdo do áudio a ser transcrito. Concordância nominal e verbal recebem atenção adequada, assim como são eliminados os gaguejos, os "né", "tá", e expressões do cotidiano como o "tá bom" é trocado por "está bem". Este artigo tem 450 palavras e você deve levar em torno de 2,5 minutos para ler. O desencanto dos leitores O desencanto dos leitores ao receberem o conteúdo da gravação transcrita transpareceu algumas vezes para nós. Assim como já expressaram alguns supervisores que tive que me aconselharam a não usar "pra" e "pro", porque segundo eles "o leitor disse que não fala errado". E foi por esta razão que passamos a adotar a versão da transcrição de áudio supereditada. A expressão "a gente faz" por exemplo é trocada por "nós fazemos", "promoveu elas" por "pr