Pular para o conteúdo principal

Exemplo de transcrição de áudio supereditada


A transcrição de áudio supereditada traz cortes e intervenções mais vigorosas do transcritor-revisor sobre o conteúdo do áudio a ser transcrito. Concordância nominal e verbal recebem atenção adequada, assim como são eliminados os gaguejos, os "né", "tá", e expressões do cotidiano como o "tá bom" é trocado por "está bem".

Este artigo tem 450 palavras e você deve levar em torno de 2,5 minutos para ler.

O desencanto dos leitores

O desencanto dos leitores ao receberem o conteúdo da gravação transcrita transpareceu algumas vezes para nós. Assim como já expressaram alguns supervisores que tive que me aconselharam a não usar "pra" e "pro", porque segundo eles "o leitor disse que não fala errado". E foi por esta razão que passamos a adotar a versão da transcrição de áudio supereditada.
A expressão "a gente faz" por exemplo é trocada por "nós fazemos", "promoveu elas" por "promoveu-as" e etc. são realizados para ajustar o texto para facilitar a operação "copiar-colar" de quem adquiriu o nosso serviço de transcrição.

Quem deveria usar a transcrição de áudio supereditada?

Todos os clientes, exceto advogados. Os advogados precisam da versão literal jurídica, essa é a nossa sincera recomendação. Agora, trabalhos acadêmicos em que o objetivo não é um estudo linguístico específico mas apenas a coleta de dados para informações acadêmicas, o estilo supereditado nos parece o mais adequado e recomendado. Por que dizemos isso?

Uma linguagem que a máquina entende

Programar um Atlas TI para receber as transcrições e destacar as palavras e expressões-chave. Essa é uma das principais dificuldades se misturarmos o português correto com erros de português. Já é um desafio programar esses programas e adequá-los para as diversas funções que o pesquisador pretende utilizar para extrair informações e conclusões baseadas nas informações que digitamos, a máquina ainda ter que analisar se usou "pra" no lugar de "para a", "é nóis na fita" em vez de "ficamos ali no ato", entre outras expressões é sobrecarregar o pesquisador e prestar um desserviço à ciência.

Novamente insisto, estou me referindo às transcrições para uso de estudos não linguísticos, mas como ferramentas auxiliares de extração de dados e interpretações de informações contidas no texto,que só poderão ser analisadas depois de convertidos em texto. E a versão supereditada de nossa produção serve exatamente para isso.

Cortes vigorosos nas informações não essenciais

Temos recebido feedbacks positivos de empresas de pesquisa e consultorias com relação à versão supereditada, onde informações não relevantes são excluídas pois "isso permitiu ganhar tempo na análise".

E assim, aquelas frases iniciais padrão que visam informar ao entrevistado qual o objetivo da pesquisa e quem é o pesquisador são descartados, assim como divagações. A transcrição de áudio supereditada é a mais limpa possível para privilegiar a leitura e o conteúdo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exemplo de transcrição de áudio acadêmica

O que é transcrição de áudio literal acadêmica? Trata-se de uma adaptação da transcrição de áudio literal jurídica. Apenas adotamos os cortes de "né", "tá", e gaguejos são minimizados. Frases incompletas são cortadas se percebemos que não trazem contribuição ao contexto. Este artigo tem 770 palavras aproximadamente e deve levar 4 minutos para ser lido. Transcrição de áudio literal acadêmica A transcrição de áudio literal acadêmica não permite corte de "né", "tá", assim como corte de gaguejos (minimizando-as ou suprimindo-as) e frases incompletas são suprimidas. A exemplo dos cortes de "expressões de assentimentos demonstrando compreensão, do juiz também promovemos esses cortes. Já "pra, e "pro, são convertidos para a forma ortográfica correta "para, e "para o. Essas são as diferenças entre transcrição de áudio literal jurídica e transcrição de áudio literal acadêmica. Representação dos falantes

Quantidade de palavras em transcrição de entrevistas

Quantidade de palavras em transcrição de entrevista A quantidade de palavras em transcrição de entrevista difere da quantidade de palavras de outros tipos de transcrição de áudio. Sua estrutura difere de uma conversa telefônica ou uma conversa informal em gravação oculta. A transcrição de entrevista tem uma dinâmica própria e aqui nos atemos aos números levantados em uma entrevista de programa de televisão: o Agenda Econômica da TV Senado. Vamos falar de quantidade de palavras em transcrição de entrevista, ou seja quantas palavras por minuto uma pessoa fala e quantas palavras conseguimos anotar em diferentes formas de produzir uma transcrição de áudio. A transcrição de áudio pode ser produzida por digitaç , automática e por ditado. Farei considerações sobre a facilidade que encontrei para cada forma de produzir a transcrição na transcrição de entrevista. Número de palavras em transcrição de entrevistas O número de palavras produzidas em uma entrevista varia de acord